Tamanho do texto

Vencedora 15 vezes do título, escola de samba foi rebaixada para o Grupo de Acesso; O enredo da escola exaltou a luta do povo negro por diretos

A apuração dos desfiles do Grupo Especial de São Paulo foi repleto de ineditismos. Enquanto a Mancha Verde, agremiação organizada pelo Palmeiras, sagrou-se campeã pela primeira vez na história, a Vai-Vai, conhecida como maior campeã do carnaval, foi rebaixada para o Grupo de Acesso.

Leia também: Pernambuco e Bahia rivalizam por trânsito dos famosos no carnaval 2019

Vai-Vai é rebaixada no carnaval paulistano
Reprodução Instagram
Vai-Vai é rebaixada no carnaval paulistano

Com histórico que a precede no carnaval de São Paulo, a Vai-Vai era uma das favoritas para o título deste ano. Fundada em 1930, o tema deste ano foi "O quilombo do futuro", no qual a escola exaltou a luta do negro na sociedade e ainda fez uma homenagem à vereadora Marielle Franco, que foi assassinada no Rio de Janeiro.

Leia também: Ana Hickmann, Isis Valverde e os famosos que estão fugindo do agito do carnaval

Tudo corria bem para a escola durante a apuração, até que ela começou a destoar das demais no quesito Comissão de Frente, no qual levou dois 9.8 e dois 9.7.

Leia também: Climão, ‘forrozin’ e noivado! Veja o que rolou na cobertura do carnaval na TV

Ao lado da Vai-Vai no rebaixamento está a Acadêmicos do Tucuruvi, que ficou empatada com a Tom Maior com 269,2 pontos mas perdeu no critério de desempate. Fundada em 1976, a escola estava no Grupo Especial desde 1998. O enredo este ano foi "Liberdade. O canto retumbante de um povo heroico".