Tamanho do texto

Assim como Império de Casa Verde vai fazer em 2019, com o enredo "O Império Contra-ataca", outras escolas também já destacaram o cinema

Para fazer o carnaval acontecer, é preciso ter criatividade e inovação, principalmente quando o assunto são os enredos que são levados para a avenida. Um dos assuntos que já fez parte do desfile de várias escolas é o cinema. A Império de Casa Verde vai trazer esse assunto em seu próximo desfile, no carnaval 2019. Tendo isso em mente, listamos seis vezes em que a sétima arte foi sinônimo de destaque durante o carnaval.

Império de Casa Verde
Divulgação
Império de Casa Verde

Leia também: Os temas de samba-enredo que são mais recorrentes no carnaval

A Império de Casa Verde escolheu falar sobre grandes filmes em seu próximo desfile, que acontece no carnaval 2019 . A escola do carnaval paulista vai levar para o Sambódromo do Anhembi o enredo intitulado "O Império Contra-ataca", com a proposta de abordar a evolução da indústria cinematográfica, do clássico ao futurista, e até da própria Hollywood com o decorrer dos anos. Filmes clássicos, como "Star Wars" (que, inclusive, o título do enredo faz referência), são levados para a avenida durante o desfile da Império, que acontece em 1º de março.

Acadêmicos do Salgueiro (2011)

Acadêmicos do Salgueiro
Divulgação
Acadêmicos do Salgueiro

A Acadêmicos do Salgueiro propôs um desfile na Marquês de Sapucaí guiado por personagens eternizados na sétima arte, como Orfeu, King Kong, Madame Satã, Carlota Joaquina, Blu, Homem-Aranha e Carmen Miranda. O samba enredo, intitulado O Rio no Cinema , trouxe referências às telonas em sua própria composição, como na frase "Meu Salgueiro, o Oscar sempre é da Academia".

Unidos da Tijuca (2011)

Unidos da Tijuca
Divulgação/Riotur
Unidos da Tijuca

A agremiação Unidos da Tijuca também levou a sétima arte para avenida em 2011. “Esta Noite Levarei Sua Alma” é o título do enredo em questão, que falou sobre a imortalidade, o medo e personagens destemidos. O desfile contou com referências a inúmeros longa-metragens famosos da cultura popular, como "Robin Hood", "Priscila, A Rainha do Deserto", "Avatar", "Transformers", "Tubarão", "Indiana Jones", "Harry Potter", "Jurassic Park" e "Star Wars".

Caprichosos de Pilares (1988)

Caprichosos de Pilares
Reprodução/Globo
Caprichosos de Pilares

A Caprichosos de Pilares, do Rio de Janeiro, levou a sétima arte para a Sapucaí em 1988 com o enredo “Luz, Câmera e Ação”, que celebrou os 90 anos da indústria cinematográfica brasileira. Clássicos filmes como "King Kong" e "E o Vento Levou" fizeram parte do desfile.

Inocentes de Belford Roxo (2016)

Inocentes de Belford Roxo
Divulgação
Inocentes de Belford Roxo

Em 2016, a Inocentes de Belford Roxo, escola pertencente à série A do Rio de Janeiro, construiu o seu desfile como uma homenagem ao cineasta Cacá Diegues, conhecido pela direção de filmes como "Orfeu" (1999), "Xica da Silva" (1976), "Tieta do Agreste" (1996) e "Deus é Brasileiro" (2003), além de vários outros. Na ocasião, a Inocentes de Belford Roxo trouxe alegorias e fantasias fazendo referência a profissões como pipoqueiro e lanterninha, para homenagear a sétima arte.

Independente Tricolor (2018)

Independente Tricolor
Divulgação
Independente Tricolor

"Em cartaz: Luz, câmera e terror… Uma produção INDEPENDENTE" foi o enredo da Independente Tricolor em 2018, no carnaval de São Paulo. A escola desfilou pelo Anhembi com uma homenagem às produções cinematográficas de terror, como "It: A Coisa" (2017). 

Império de Casa Verde (2015)

Desfile da Império da Casa Verde
Paulo Pinto/LIGASP/Fotos Públicas
Desfile da Império da Casa Verde

A própria Império de Casa Verde já falou sobre a sétima arte antes. "Sonhadores do mundo inteiro: uni-vos" é o título do enredo de 2015 que a Império escolheu para levar aos espectadores um desfile cheio de fantasia, abordando os sonhos. Vários personagens de filmes da Disney e da Pixar marcaram presença no desfile em questão, como "A Bela Adormecida", "Monstros S.A.", "Toy Story" e "Alice No País das Maravilhas".