Maria Rita tem entrada triunfal na passarela do samba

Em carro conversível, madrinha de bateria da Vai-Vai emociona-se com recepção preparada pela escola

Josi Vicentin, especial para o iG | 26/02/2011 10:47

Compartilhar:

A chegada de Maria Rita ao Sambódromo do Anhembi não foi nada convencional. Antes de comandar os ritmistas da bateria durante o último ensaio técnico, realizado na noite de sexta-feira, 25, a filha de Elis Regina desfilou em carro a céu aberto, escoltado por cinco motoqueiros. Uma entrada triunfal... No mesmo carro, um Ford conversível, estavam Camila Silva e Mestre Tadeu, respectivamente rainha e diretor de bateria da Vai-Vai.

Foto: Vivian Fernandez

Em um Ford conversível, a corte da bateria da escola: a madrinha Maria Rita, a rainha Camila Silva e o diretor Mestre Tadeu; entrada inusitada no último ensaio técnico

Visivelmente emocionada, Maria Rita negou qualquer tipo de desentendimento com a escola da Bela Vista: há boatos de que a diretoria estaria insatisfeita com a ausência da cantora nos ensaios. “Não ouvi nada desse tipo. Essa recepção linda só mostra que a minha relação com a Vai-Vai não tem nenhum problema. Não compareci aos ensaios por conta da agenda repleta de compromissos”, justificou a madrinha de bateria.

Antes de cair no samba, a cantora disse que está bastante concentrada para desempenhar seu papel no desfile, apesar de reconhecer que “sua pegada é outra”. “Chorei ao receber o convite para ser madrinha de bateria, mas eu sou da música”, respondeu ao ser questionada sobre a preparação física para desfile. No começo do ensaio ela até ficou meio sem jeito, mas em pouco tempo seu samba evoluiu e Maria Rita mostrou que está pronta para o tão esperado dia.

Foto: Vivian Fernandez Ampliar

Madrinha da escola, a apresentadora Ana Hickmann também estava no Sambódromo

O último ensaio técnico da Vai-Vai contou ainda com a presença de Ana Hickmann, madrinha da escola. A apresentadora disse que se preparou muito para sambar bonito e não decepcionar nas passarelas de São Paulo e Rio de Janeiro – a gaúcha irá desfilar também pela Grande Rio. “Tenho samba no pé, nos braços e em todo o corpo. Estou pronta”, brincou.

A atriz Adriana Lessa, madrinha de bateria da Imperador do Ipiranga, e Lucilene Caetano, musa do Futebol Brasileiro, também estiveram no Anhembi. A primeira apenas assistiu ao ensaio, enquanto a segunda sentiu como será o desfile: Lucilene virá como destaque do segundo carro alegórico da Vai-Vai.
Valquíria Ribeiro, atriz contratada pela Record, também mostrou que está preparada para enfrentar a passarela. Aliás, a bela mulata é do samba. “Minha relação com a Vai-Vai é passional. Desfilo na escola há anos”, conta.

Preparativos

O último ensaio técnico mostrou que a Vai-Vai dará trabalho às outras escolas. Os componentes estão com o samba-enredo “A Música Venceu!”, homenagem ao maestro João Carlos Martins, na ponta da língua.

As alas evoluíram com elegância e disciplina, enquanto o primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira, representado por Reginaldo Romualdo, o Pingo, e Paula Penteado, conduziram o pavilhão (a bandeira) com perfeição. Destaque ainda para a comissão de frente, que terá sete mulheres representando os sete amores do maestro.

A Vai-Vai é a sexta escola que desfilará no Sambódromo do Anhembi no dia 4 de março, o primeiro dia do Grupo Especial.

    Últimas notícias do Carnaval


    Ver de novo