Unidos de Vila Isabel

Unidos de Vila Isabel
  • Nome
    G.R.E.S. Unidos de Vila Isabel
  • Fundação
    04/04/1946
  • Posição em 2015
    8ª Colocada
  • Enredo
    "O som da cor"
  • Carnavalesco
    Alex de Souza
  • Intéprete
    Igor Sorriso
  • Cores Oficiais
    Azul e branco
  • Mestre de Bateria
    Mestre Wallan
  • Ordem do desfile
    Quarta escola desfilar no domingo, 26

Sobre a escola

História
A Unidos de Vila Isabel tem origem em um time de futebol, que em 1946 foi registrado como bloco carnavalesco na União Geral das Escolas de Samba. Nos primeiros anos, os ensaios eram promovidos no campo de futebol do Andaraí, um clube do bairro. Um dos maiores expoentes da escola é o cantor e compositor Martinho da Vila, integrado à ala de compositores em 1965. Sua mulher, Lícia Maria Caniné, era presidente da escola em 1988, quando a Vila ganhou seu primeiro título. Depois disso, a agremiação conquistou mais dois campeonatos, sendo o último em 2006. Com a assinatura da carnavalesca Rosa Magalhães, a escola foi a quarta colocada em 2011, com 297 pontos, falando sobre “Mitos e Histórias Entrelaçadas Pelos Fios de Cabelo”. De 2015 para 2016, a escola subiu da 11ª posição para a 8ª, registrando 267,90 pontos com o enredo "Memórias de Pai Arraia. Um sonho pernambucano, um legado brasileiro".

Meus olhos ficavam rasos d'água
A seca minha alma castigava
O sol queimava e rachava o chão
Os carcarás pousavam no sertão
Cresci sonhando renovar os sonhos
Revitalizar a vida
Que se equilibra sobre a palafita
Dar pra gente mais sofrida dignidade e amor
Pra essa gente aguerrida, dignidade, amor
Acordei o campo para um novo dia
Com o futuro santo, lindos ideais
Acordei o campo pra haver justiça
Flora esperança nos canaviais
Carinhosamente... Pai Arraia
No lugar onde arrecifes desenham a praia
Acolhi um movimento, real solução
Mais do que alento, a cura dos ais
Liberdade se conquista com educação
Juntando artistas e intelectuais
Pra fazer a cartilha no cordel
Ensinar do ABC à profissão e buscar na arte a inspiração
Tão bom cantarolar, me emocionar, estar aqui
Pra ver na Avenida
O valor da verdadeira Vila
De gente humilde que defende a tradição no seu lugar
Um movimento de cultura popular
Vem sambar no frevo e na ciranda
Silenciar jamais!!!
Até o Galo da Madrugada
Se entregou à batucada, misturando carnavais

Sabrina Sato

Últimas Notícias