ver novamente

Unidos da Tijuca

Compartilhar:
Nome GRES Unidos da Tijuca
Fundação 31/12/1931
Posição em 2011 1ª Colocada
Enredo "Desceu Num Raio, é Trovoada! O Deus Thor Pede Passagem pra Mostrar Nessa Viagem a Alemanha Encantada"
Carnavalesco Paulo Barros
Intérprete Bruno Ribas
Cores Oficiais Amarelo-ouro e azul-pavão
Mestre de bateria Mestre Casagrande
Ordem do desfile Terceira escola a desfilar na primeira noite: 10 de fevereiro de 2013 (Domingo)
Leia mais sobre a escola

Últimas Notícias

    Todas as notícias

    A ESCOLA

    História

    A Unidos da Tijuca surgiu da fusão entre quatro blocos carnavalescos existentes em morros vizinhos no bairro da zona norte do Rio. Esses grupos eram liderados por famílias tradicionais da região. Criada em 1931, a Tijuca é a terceira escola de samba mais antiga da cidade, depois de Portela e Mangueira. As três agremiações, aliás, foram as únicas a participar de todos os desfiles. A escola venceu o carnaval de 1936 e depois enfrentou um período de dificuldades. Rebaixada em 1998, venceu o Grupo de Acesso em 1999 e, a partir daí, iniciou sua trajetória de superação. Em 2004, com a contratação do carnavalesco Paulo Barros  - reconhecidamente o mais inovador da atualidade –, a Tijuca passou a fazer muito sucesso, que culminou com o título de 2010 e o vice-campeonato de 2011, com o enredo “Esta Noite Levarei Sua Alma”. Em 2011, a escola vai homenagear o rei do baião, Luiz Gonzaga, com o enredo "O Dia em que Toda a Realeza Desembarcou na Avenida para Coroar o Rei Luiz do Sertão"

    Samba-enredo 2013

    Desceu num raio, é trovoada! O deus Thor pede passagem pra mostrar nessa viagem a Alemanha encantada
    Compositores:  Julio Alves, Totonho, Dudu e Elson Ramires

    Um raio rasgando o céu
    cruzou o Borel é trovoada
    na velocidade da luz é o filho  de Odin
    anuncia a Alemanha encantada
    na fantasia de um mundo imortal
    seres, magia do meu carnaval
    pela floresta surge um olhar
    mistérios que bailam no ar
    Tijuca querida, razão da minha vida
    balança o povo, embala a emoção
    e mexe com meu coração

    Vai brilhar em casa cinema o anjo, sonhar
    em prosa e poema, se eternizar
    feito a sinfonia, legado alemão
    deixado à civilização

    Num mundo da imaginação era uma vez…
    o conto de fadas, no reino encantado
    a infância mais feliz quem fez?
    eu vi a criança em sua ilusão
    erguer um castelo, brinquedo na mão
    a mente humana liberta
    desperta o grande inventor
    que move o tempo e faz
    da vida um motor a girar
    Brasil e Alemanha “unidos”
    bandeiras, culturas, saber
    vai trovejar, um ano para não esquecer

    Deus Thor me chamou, que felicidade
    um brinde a cidade, é festa meu bem
    metade do meu coração é Tijuca
    a outra metade Tijuca também

    Títulos

    A escola foi três vezes campeã do Grupo Especial: 1936, 2010 e 2012, sendo a última com o enredo “ O Dia em que toda a realeza desembarcou na Avenida para coroar o Rei Luiz do Sertão"