São Paulo

enhanced by Google
 

Vila Maria leva Teatro Amazonas para o Anhembi

Com as musas Scheila Carvalho e Larissa Riquelme, escola aposta em título inédito

iG Carnaval | 06/03/2011 02:49

Compartilhar:

Foto: AgNews

Scheila Carvalho com 14 kg a menos usa fantasia de Dama da Noite

Foto: AgNews Ampliar

Larissa Riquelme: destaque da Vila Maria

Quarta escola a entrar no Anhembi, a Unidos de Vila Maria traz o enredo “Teatro Amazonas, Manaus em Cena” para animar os foliões na segunda noite do Carnaval de São Paulo. A agremiação aposta nas beldades Scheila Carvalho, ex-dançarina do grupo É o Tchan, e a paraguaia Larissa Riquelme, musa da Copa do Mundo de 2010, para tentar um título inédito no Grupo Especial.

VEJA TRANSFORMAÇÃO DE SCHEILA CARVALHO

"Sempre dá um frio na barriga ser madrinha", disse Scheila Carvalho, minutos antes do desfile. "Ser madrinha é representar a escola de coração aberto." Essa é a terceira vez que a dançarina desfila defendendo a Unidos da Vila Maria. Scheila Carvalho está mais magra, perdeu 14kg, e sua fantasia é Dama da Noite da Ópera.

Já a musa Larissa Riquelme falou com a reportagem do iG rapidamente, antes de subir no quinto carro alegórico, último a entrar na avenida. "Estou com samba no pé: metade brasileira, metade paraguaia."

Além delas, também terão destaque no desfile da escola o ator Henri Castelli, a VJ Penélope Nova, da MTV, que estreia no Carnaval de São Paulo, e a modelo Priscila Bonifácio, que vem pela segunda vez como rainha da agremiação da Zona Norte.

A VJ Penélope Nova chegou ao Sambódromo do Anhembi com samba no pé. Ela teve aulas com a rainha de bateria. "Não sinto vergonha de sair de biquini porque estou sempre vestida assim na MTV fazendo programas de praia", disse. Essa é a primeira vez que ela desfila na avenida. Já tinha desfilado anteriormente, no Rio, mas em carro alegórico.

Segundo o carnavalesco Fábio Borges, o fio condutor do desfile é a arte erudita, como a ópera e o balé clássico, que melhor representa a nobreza do Teatro Amazonas, inaugurado em 1896, no auge do ciclo da borracha.

A tradicional ala das baianas foi um dos destaques, com a fantasia Lago dos Cisnes: muito brilho em azul e branco.

O quarto carro, Constelação de Artistas, foi uma homenagem aos grandes artistas que já se apresentaram no Teatro Amazonas, como Paulo Autran e Fernanda Montenegro e Bidú Saião, entre outros.

A Unidos de Vila Maria surgiu em meados dos anos 1950. A melhor colocação da escola no Grupo Especial aconteceu em 2007, quando conquistou o vice-campeonato com o enredo "Vila Maria: Canta, Encanta com minha história... Cubatão Rainha das Serras". No ano passado, ficou em 6° lugar.

    Últimas notícias do Carnaval


    Ver de novo