Escola entra na Avenida com Caroline Bittencourt e outras musas diante da bateria

Coloridíssima e divertida, a Acadêmicos do Tucuruvi desfilou na madrugada deste domingo (10) contando a vida do saudoso comediante Mazzaropi , que completaria 100 anos em 2013, caso estivesse vivo. A modelo Caroline Bittencourt se destacou no desfile como madrinha de bateria.

Saiba tudo sobre o carnaval de São Paulo

A comissão de frente "Sai da frente, a alegria vai passar" trouxe seus integrantes fantasiados como palhaços de circo. Com guarda-chuvas e bolas coloridos, os componentes da ala evoluíram com graça na passarela do samba. Um sósia de Mazzaropi também fazia parte da encenação.

Veja também: Famosas participam de ensaio técnico no Anhembi

O circo também foi lembrado no abre-alas da Tucuruvi. Rico em detalhes, o carro apresentava uma combinação harmoniosa de diversas cores. Toda composição do carro lembrava muito o melhor do trabalho da prestigiada carnavalesca carioca Rosa Magalhães .

Em 2012: Veja as fotos de Caroline Bittencourt

As primeiras alas da escola do carnavalesco Wagner Santos remetiam aos filmes de sucesso de Mazzaropi. A película de estreia dele, “Sai da frente” (1952), mereceu um destaque especial.

“Jeca Tatu”, outro filme dele de sucesso, serviu de inspiração para os trajes da bateria, que veio fantasiada de caipira, com direito a chapéu de palha e camisa xadrez. À frente dos ritmistas, a modelo Caroline Bittencourt e a atriz Lívia Andrade mostraram charme e brilharam.

O carro “O Rádio” lembrou a época de ouro deste veículo de comunicação, na qual Mazzaropi teve grande destaque. Já o sucesso do comediante na televisão foi representado em outro carro, que trazia elementos de um antigo programa dele, chamado “Rancho Alegre”.

Fechando o desfile, o último carro da Tucuruvi voltou a falar de cinema, trazendo uma enorme escultura de Mazzaropi, que segurava uma espingarda com a ponta torta, bem a gosto dos filmes de comédia que celebrizaram o comediante que retratou com maestria a vida rural brasileira.

Veja o samba-enredo da Acadêmicos do Tucuruvi:

“Mazzaropi: O adorável caipira - 100 anos de alegria” Compositores: Felipe Mendonça, Maurício Pito, Leandro Franja, Márcio Alemão, Henrique Barba e Fábio Jelleya

Sai da frente, a alegria vai passar
É Mazzaropi, artista popular
Nos palcos da vida, te faço sorrir
Aplausos, lá vem Tucuruvi!
Hoje tem gargalhada, tem sim senhor!
Vou cair na folia
Minha fantasia é feita de amor
Pela arte, quis o destino
Corre nas veias um dom divino
No picadeiro, foi aprendiz
O teu sorriso me faz feliz
Quando a cortina se abriu
O maior dos caipiras surgiu
Do interior paulista pra todo meu Brasil
A carrocinha levou o gato da madame
Vendedor de linguiça não vende salame
O Jeca Tatu não é puritano... Ha! Ha! Ha!
Ele é corintiano
Está no ar, “pro cêis” escutar (laiá laiá)
Nas ondas do rádio, piadas, canções
Da tela da TV eu fiz espelho pra gente se ver
No rancho alegre encontro com você (vem me ver)
No cinema nacional, entro em cena de novo
Sucesso, tá na boca do povo!
Atrás de um sonho eu vou
O final feliz encontrar
A estrela do meu carnaval (lá do céu)
É a força que vai me guiar"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.