Atriz, que tirou as próteses de silicone a pedido de Silvio Santos, marcou presença no sambódromo do Anhembi, em São Paulo, na madrugada deste sábado (09)

Lívia Andrade , princesa de bateria da Acadêmicos do Tucuruvi, foi ao sambódromo do Anhembi, em São Paulo, na madrugada deste sábado (09), para o desfile. A atriz de “Carrossel”, do SBT, contou ao iG sobre a saída da escola de samba Gaviões da Fiel, pela qual desfilou por dez anos. “Fui muito feliz os dez anos lá. Foi um bom relacionamento, mas hoje prefiro um amor tranquilo e sadio a uma paixão avassaladora”, disse ela. 

ACOMPANHE A COBERTURA DO CARNAVAL 2013 EM TEMPO REAL

Com as gravações da novela infantil do SBT acabando em março deste ano, Líva comentou também sobre o personagem. "Até março temos gravação. Mas hoje decidi deixar a Suzana de lado, botar a 'cabeleira do Zezé' e vir para o samba. Se pudesse, colocava até peitão de novo, mas é complicado", falou ela, que trocou a prótese de silicone de 355 ml por um de 260 ml a pedido de Silvio Santos . "Sinto falta [do silicone]. Gostava daquele balanço para o dia a dia, mas para o vídeo fica bem melhor sem. Concordei com a opinião do Silvio. Mas para o carnaval, para encher a fantasia, chacoalhar faz falta", completou.

A atriz, que participa do "Programa Silvio Santos", comentou ainda sobre o assédio e as brincadeiras do apresentador. "Normal. Depois que a Patrícia veio, ele acaba fazendo mais para provocar ela. A gente leva na esportiva", disse ela. "Na hora é divertido, mas depois prefiro não assistir. Dá taquicardia (risos). O que a gente pode fazer para o pessoa se divertir é válido", continuou. Para finalizar, Lívia falou sobre o contrato com o SBT. "Só 'Sisi' pra me mandar para a rua. Mais ninguém"", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.