Escola da Vila Guilherme leva ao sambódromo cinco carros alegóricos e 2,5 mil componentes

Celebrando a diversidade cultural da cidade de São Paulo, a X-9 Paulistana entrou na passarela do Anhembi na madrugada deste sábado (9), pouco antes das 5h. Com seu samba-enredo cantado pelo carismático puxador Royce do Cavaco, a agremiação mostrou como os povos de diferentes origens convivem bem na capital paulista.

Veja : Camila Vernaglia, destaque da X-9, se descuida e mostra os seios em desfile

A escola da Vila Guilherme, na região norte de São Paulo, levou ao sambódromo do Anhembi cinco carros alegóricos e 2.,5 mil componentes. Representando a cultura oriental, o segundo carro tinha no centro uma grandiosa escultura de Buda.

Saiba tudo sobre o Carnaval de São Paulo

Os integrantes da escola deixaram o Anhembi confiantes com a possibilidade de a escola voltar a ser campeã, como aconteceu nos anos de 1997 e 2000.

Veja: Viviane Araújo e Sabrina Sato entregam as faixas para as Passistas iG

Veja abaixo o samba-enredo da X-9 Paulistana:

“Se pra ter diversidade basta viver em harmonia, sorria... Pois São Paulo hoje é só alegria!”
Compositor: Rafael Pínah

Hoje a X-9 é uma corrente de fé
Que traz amor e união!
São Paulo é só harmonia
Alegria em cada coração
Um dia, já não existia
Encanto e magia num reino feliz
Pra enxergar a razão, fui buscar
Na luz da imaginação, encontrar
A resposta que eu sempre quis
Viajei! No universo multicor
Vi um mundo diverso encantador
Na trajetória da história
De reinos e raças imortais
Segredos e marcas culturais
Quando o canto do negro ecoou
Fez a mãe África plantar
Uma semente que brotou
Pra liberdade conquistar
O sol no oriente revela
A sabedoria da pele amarela
No velho continente, a devoção
E o povo branco recebe o irmão
O paraíso da raça vermelha
É onde espelha a beleza no olhar
Na alma, encontrei a pureza
E com certeza voltei pra ficar
No berço da diversidade
Pra ver a cidade expoente brilhar

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.