Tradicional escola da Freguesia do Ó faz referências a festas e comemorações internacionais

Já passava da 1h de sábado (9) quando a Rosas de Ouro entrou na pista do Sambódromo do Anhembi para homenagear o próprio carnaval. Promovendo uma verdadeira viagem pelas diversas formas de comemorar a festa ao redor do mundo, a agremiação passou por países como Inglaterra, México e Tailândia, sem esquecer o Brasil, é claro. Ellen Rocche, um dos trunfos da escola paulistana, mais uma vez brilhou como a rainha de bateria. 

Saiba tudo sobre o carnaval em São Paulo

Como enredo intitulado "Os Condutores da Alegria, Numa Fantástica Viagem aos Reinos da Folia", a tradicional escola foi a segunda agremiação a desfilar, após a passagem da Acadêmicos do Tatuapé.

Veja:  Ellen Rocche, rainha de bateria da Rosas de Ouro, tem tratamento real na escola

Abrindo o desfile, a comissão-de-frente veio toda colorida e acompanhada por um enorme tripé que representava o Rei Momo. O abre-alas da Rosas, representando a África, e também os outros carros alegóricos, chamaram atenção pelo luxo e acabamento.

Duas alegorias se destacaram no desfile: a terceira, representando a festa do Ano Novo chinês, e a quarta, que homenageava a famosa Festa do Dia dos Mortos, no México. Para fechar o desfile, o Brasil foi lembrado no último carro com referências ao Boi Bumbá, às comemorações juninas e ao próprio carnaval.

Com as fantasias mais caras da escola, os 266 ritmistas da bateria da Rosas vieram como guardas da realeza britânica. À frente deles, Ellen Rocche esbanjou simpatia. 

Veja: Todas as fotos de Ellen Roche no carnaval 2012

Veja abaixo o samba-enredo da Rosas de Ouro:

“Os Condutores da Alegria, numa Fantástica Viagem aos Reinos da folia”
Compositores: Armênio Poesia, Diego Poesia, Kadu, Wagner Rodrigues, Fredy Vianna e Cg

Hoje a festa vai rolar
Quero sambar a noite inteira
Qual será o pavilhão que conduz meu coração?
É Roseira!
Por terra céu e mar
Vem viajar nessa magia
Quero celebrar as tradições
Me perder nos reinos da folia!
Uma dança enfeitiça o olhar
E o toque do tambor, os corações!
Em direção ao velho mundo
Arde um fogo mais profundo no amor e nas paixões
A realeza e os guardiões irão brindar
Lá em Veneza a sedução está no ar
É mais que um ideal, o orgulho nacional!
Vem, que a vida foi feita pra festejar
Sonhar com um amanhã que renascerá
Um festival de sorrisos
Iluminando os caminhos da cultura milenar!
Num som envolvente dancei ao seu lado a luz do luar
Em ritmo quente “tô endiablado” vou te conquistar
Como se o tempo voltasse e o vento soprasse a felicidade
Superando a tristeza, do refúgio da minha saudade!
Vou quando o fole tocar garantir caprichar
Em cada comemoração
Sou brasileiro, visto a paixão e a fantasia
A minha história é uma declaração
De amor ao grande dia!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.