Enredo da escola foi composto pelo músico Diogo Nogueira, filho do homenageado. A mulher do jovem sambista foi a nova rainha de bateria

O dia estava claro quando a Águia de Ouro entrou na manhã deste sábado (09) no sambódromo do Anhembi. A escola fez uma homenagem emocionante ao sambista João Nogueira . O filho dele, o cantor Diogo Nogueira , sambou animado no último carro do desfile.

Além da tradicional águia da escola, o carro abre-alas tinha uma representação do paraíso, com os anjos celebrando o nascimento do sambista. Gigantesco, o carro impressionou tanto pela altura quanto pela largura.

No mar azul e branco que tomou conta da avenida, a Águia lembrou a trajetória de João e as suas paixões, como o Flamengo e a escola carioca Portela. Um carro representou o santo de devoção do sambista, o São Jorge.

Fechando o desfile e o primeiro dia do Grupo Especial de São Paulo, o último carro trazia uma escultura gigante com a figura de João segurando um violão nas mãos.

Siga o Twitter do iG Gente e acompanhe todas as notícias dos famosos

Veja o samba-enredo 2013

Minha missão. O canto do povo. João Nogueira

Intérprete: Serginho do Porto

Deixa a luz do amanhecer iluminar a avenida
Vem recordar a missão de um poeta
E exaltar as belezas da vida
Renasce joão sobre o poder da criação
Ê vida boa…no Méier labareda no olhar
Ê vida a toa…bohêmio a luz do luar
Ê vida voa…o Clube do Samba desperta saudade
Vem brindar… festejar no Boteco do Arlindo
Mais um show do Flamengo, domingo
Um Rio de felicidade
Bole que bole ao som dos tantãns
Me leva na fé, São Jorge guerreiro
Quebra no balacochê do cavaco
Clareia meus passos, São Sebastião
Aplausos para um gênio brasileiro
Águia de Ouro é samba, amor, é tradição
Vem, vem poeta nos braços da paz
Ver a Portela de tempos atrás
Realizar o seu sonho de bamba
Compor mais um lindo samba
Canta sabiá, vai resplandecer
A nação Xingu não vai se render
Quem viveu de amor nunca vai morrer
Hoje o espelho é você
E o meu medo maior é o espelho se quebrar…
E o meu medo maior…
João, teu nome é história
O Canto do Povo te faz imortal
Ninguém faz samba só porque prefere
É Nó na Madeira o meu Carnaval

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.