Rio de Janeiro

enhanced by Google
 

Xuxa: "Deu um nó na garganta. Tive que segurar o choro"

A apresentadora foi homenageada com o enredo da escola de samba mirim Inocentes da Caprichosos, da Caprichosos de Pilares

Priscila Bessa, iG Rio de Janeiro | 05/03/2011 00:08

Compartilhar:

A apresentadora Xuxa Meneghel se emocionou com a homenagem da escola de samba mirim Inocentes da Caprichosos, da Caprichosos de Pilares, que apresentou na Marquês de Sapucaí, na noite desta sexta-feira (4), uma reedição do enredo "Xuxa e seu reino encantado no carnaval da imaginação", levado à Avenida pela azul e branco em 2004, quando ainda estava no grupo Especial. A Caprichosos desfila esse ano no grupo de Acesso.

Foto: Fabrizia Granatieri

A apresentadora foi aclamada com direito a coro de "Xuxa eu te amo"

Simpática, a apresentadora, que assistiu ao desfile em um camarote, foi diversas vezes até a frisa para tirar fotos e dar beijos nos fãs que se aglomeravam no local. Dezenas de crianças gritavam o nome de Xuxa e, ao começar o desfile, seguranças precisaram pedir que os fãs se afastassem para não atrapalhar a escola. Os casais de mestre-sala e porta-bandeira, entre outras crianças que desfilaram, foram levados até a apresentadora que beijou a bandeira da agremiação.

Foto: Fabrizia Granatieri Ampliar

Muito assediada, Xuxa tirou fotos com os fãs

"Foi uma emoção muito grande. Deu um nó na garganta. Fiquei falando pra mim mesma: ‘Não chora, não chora'. Tive que segurar o choro", disse ela, após o desfile. Questionada se ao ver a apresentação não sente vontade de desfilar, afirmou: "Todas às vezes em que penso em voltar a desfilar, eles (os dirigentes das escolas) querem me colocar no alto. E eu gosto de desfilar no chão, mas não deixam. Dizem que é para a minha segurança e da escola. Então, eu prefiro não desfilar".

Animada com a homenagem, Xuxa contou que chegou a pensar em convidar ex-paquitas, entre outras pessoas que participaram de sua história, para desfilar, mas foi avisada que apenas crianças poderiam participar. Por isso, sugeriu alas que fizessem alusão às campanhas sociais que apoia.

"Mais de 200 crianças da Fundação Xuxa Meneghel participaram em duas alas diretamente relacionadas a campanha 'Não Bata, Eduque' e ao movimento de combate à violência sexual contra crianças e adolescentes do governo federal", disse Xuxa, que estava acompanhada da ministra dos Direitos Humanos Maria do Rosário. Ela vestia a camiseta da campanha da qual é madrinha: "Tem coisas que não dá para fingir que não vê. Violência Sexual contra crianças e adolescentes é crime", .

Foto: Fabrízia Granatieri

A comissão de frente da escola lembrou os paquitos e paquitas da apresentadora

    Últimas notícias do Carnaval


    Ver de novo