Musa da Vila Isabel, no Rio, e rainha de bateria da Império de Casa Verde, de São Paulo, conta como se desdobra no carnaval

Andrea de Andrade
Guillermo Giansanti
Andrea de Andrade
Foi há cinco anos, quando entrou na Marquês de Sapucaí pela primeira vez, pela  Mocidade Independente , que a vida de Andrea de Andrade mudou. “É uma sensação indescritível. Percebi que era isso que queria fazer para sempre. Hoje, posso dizer que sou sambista com muito orgulho. Amo carnaval. Vivo para isso”, diz Andrea, que em 2011 foi rainha de bateria da agremiação de Padre Miguel, zona oeste do Rio.

Ela continua no Rio, mas trocou o verde e branco pelo azul e branco da Vila Isabel , onde vai desfilar como musa pela segunda vez seguida. Quem vê Andrea na avenida não imagina que ela não tenha crescido em um barracão de escola de samba. Em 2013, os paulistas vão babar mais uma vez com as curvas da loura, que repete a dose como rainha de bateria da Império de Casa Verde , do grupo especial de São Paulo.

“Achei que veria uma diferença grande entre o carnaval do Rio e de São Paulo, mas não tem. A nossa quadra vive muito cheia, a bateria é de primeira. Estou ansiosa”, afirma.

Entre risos e lágrimas

Nem tudo são confetes e purpurina na trajetória carnavalesca de Andrea. Após o carnaval 2011, ela foi afastada do posto à frente da bateria Não Existe Mais Quente, da Mocidade, e sofreu um baque. Foi substituída por Antonia Fontenelle . Com a reviravolta, Andreia ficou em depressão.

"Quando saí da Mocidade, pensei em ir para Salvador. Não queria desfilar mais no carnaval. Não malhava, não saia de casa. Fiquei mal. Tenho uma ligação forte com a escola. Eu vivia Mocidade, lutei por ela, ia em tudo. Meu filho, Rinaldo, de 7 anos, saía na Estrelinha da Mocidade. Mas quem é sambista não consegue ficar longe”.

Logo que deixou a escola, recebeu ligações de várias agremiações. “Fui conversar com o presidente da Casa Verde e a noite já estava no ensaio com o samba decorado. Já com a Vila, aceitei o convite porque a escola tem um histórico bom de musas, só mulher bonita. Fui recebida com muito carinho pelas duas comunidades. Estou feliz”, diz Andrea, cheia de disposição.

26 anos
1,68 m
67 kg
Busto: 92 cm
Cintura: 67 cm
Quadril: 105 cm

Produção: Rosane Amora (assistente: Leila Fabiano) 1º look: Maiô e sandália Márcio Carvalho, 2º look: biquini PH, brinco 18K e sandália acervo pessoal, 3º look:acervo pessoal / Maquiagem: Maurício Nazário

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.