Cantora marcou presença na segunda noite de desfiles do Rio e contou da época em que liderou a bateira. “Tinha 15kg a menos que hoje e já me chamavam de gordinha”

Preta Gil abriu uma espaço em sua agenda de shows em Salvador para curtir o segundo dia de desfiles no Rio de Janeiro e cantar em um dos camarotes da Sapucaí. A cantora, que já foi rainha de bateria, em 2007, falou se sonha em voltar a desfilar a frente dos músicos. “De maneira nenhuma. A primeira vez foi incrível, libertador, foi a primeira vez que uma mulher fora dos padrões comandou uma bateria, mas se naquela época eu tinha 15kg a menos que hoje e já me chamavam de gordinha, imagina agora”, contou ela.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

Preta ainda continuou o assunto e comentou sobre a exibição dos corpos na avenida. “Acho uma escravidão ter que trabalhar com o corpo, não é a realidade da mulher brasileira”, conclui a cantora antes de entrar no palco.

Mesmo assim, Preta garante que carnaval é muito bom. “É muita correria, mas eu amo. Sou carioca de nascença e baiana de coração. Ainda volto pra mangueira, mas na Diretoria ou Ala das Baianas”, terminou ela antes de subir em um dos palcos do espaço vip.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.