Quarta escola a desfilar levou à avenida um enredo que defende o direito do Rio de ficar com os royalties do petróleo produzido no Estado

Quarta escola a desfilar na madrugada da terça-feira (12), a Grande Rio conta com a fantasia hipnotizante da rainha de bateria estreante Carla Prata.  

Veja: Ensaio exclusivo com a nova rainha da Grande Rio

A dançarina do Faustão confessou que pediu ao figurinista que diminuísse o tamanho de seu biquíni - para ficar mais confortável para desfilar no Sambódromo.

Vote: Troféu Tamborim de Ouro 2013

Empenhada, Carla também combinou surpresas na interação com a bateria propostas pelo mestre Ciça.

Mais: Tente despir Carla Prata

A Grande Rio defende o enredo “Amo o Rio e Vou à Luta: o Ouro Negro Sem Disputa”, do carnavalesco Roberto Szaniecki, que exalta um manifesto defendendo o direito do Rio de Janeiro de ficar com os royalties do petróleo produzido no Estado.

Saiba tudo sobre o carnaval do Rio de Janeiro

Veja o samba-enredo da Grande Rio:

"Amo o Rio e Vou à Luta: o Ouro Negro sem Disputa"
Compositores: Mingau, Junior Fraga, Deré, Mingauzinho e Arlindo Neto

Vem! vem! comigo cantar
Hoje vou mergulhar profundo
Tem lá no fundo do mar
Ouro pra alimentar o mundo
Que faz crescer, impulsionar
O conhecer, multiplicar
Tão lindo pela própria natureza
Meu Rio vai gerar tanta riqueza
Mas tem que ser assim
Bom pra você, bom pra mim

Uma eterna paixão eu e você
Minha escola é meu bem querer
Felicidade em alto astral
É o ouro negro nosso Carnaval

Vou jogar a rede e puxar
Vem me dar um beijo, amor
Na praça ouvir o sino tocar
Preservar é dar valor
Eu quero um lugar pra viver
Segurança e saúde
Pra dar e vender
E, assim, reciclando eu vou
Ver a vida renascer

É, a mensagem taí
Explorar não é destruir
Se faltar vira o caos
Eu não posso deixar
Pelo Rio eu vou lutar

Um grande Rio de amor sou eu
Vem cá me dá o que é meu é meu

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.