Atriz estreia no posto enquanto o carnavalesco Paulo Barros monta enredo sobre a mitologia nórdica

Campeã do Grupo Especial de 2012, a Unidos da Tijuca escolheu o enredo “Desceu Num Raio, é Trovoada! O Deus Thor Pede Passagem pra Mostrar Nessa Viagem à Alemanha Encantada” para defender o título do carnaval 2013.

A escola, entretanto, sofreu problemas no início do desfile. O carro abre-alas ficou avariado ao chocar-se com uma estrutura da Sapucaí e formou-se um buraco de cerca de 40 metros entre as alas.

Juliana Alves, rainha da bateria da Unidos da Tijuca
O Dia
Juliana Alves, rainha da bateria da Unidos da Tijuca

Saiba tudo sobre o carnaval do Rio de Janeiro

Terceira agremiação a desfilar na noite deste domingo (10), a Tijuca e o carnavalesco Paulo Barros escolheram o Deus Thor, da mitologia nórdica, para ser uma espécie de mestre de cerimônia do desfile, que pretende falar sobre a história alemã.

Relembre: Unidos da Tijuca ganha o carnaval do Rio 2012

À frente da bateria do mestre Casagrande, Juliana Alves estreia como rainha da agremiação tijucana. A atriz sonhava com o posto desde criança. "Isso aqui não é trabalho, é uma grade realização! E também uma responsabilidade enorme. Estar à frente da bateria é um sentimento inexplicável."

"Antes de vir fiz um ritual com orações, é uma proteção espiritual mesmo. E minha mãe fez um almoço para mim e para toda equipe: manicure, cabeleireira... foi um momento de união", contou.

Mais: Juliana Alves se empolga em ensaio da Unidos da Tijuca; veja fotos

Juliana veste uma fantasia que homenageia música do compositor alemão Richard
Wagner: “Minha roupa é a representação de uma maestrina. Amanhã eu virei assistir. E se meus pés estiverem doendo, virei de chinelo."

Enquete: Leitores do iG aprovam Juliana Alves como rainha da Unidos da Tijuca

Veja o samba-enredo da Unidos da Tijuca:

“Desceu Num Raio, é Trovoada! O Deus Thor Pede Passagem pra Mostrar Nessa Viagem à Alemanha Encantada”
Compositores: Julio Alves, Totonho, Dudu e Elson Ramires

Um raio rasgando o céu
cruzou o Borel é trovoada
na velocidade da luz é o filho de Odin
anuncia a Alemanha encantada
na fantasia de um mundo imortal
seres, magia do meu carnaval
pela floresta surge um olhar
mistérios que bailam no ar
Tijuca querida, razão da minha vida
balança o povo, embala a emoção
e mexe com meu coração

Vai brilhar em casa cinema o anjo, sonhar
em prosa e poema, se eternizar
feito a sinfonia, legado alemão
deixado à civilização

Num mundo da imaginação era uma vez…
o conto de fadas, no reino encantado
a infância mais feliz quem fez?
eu vi a criança em sua ilusão
erguer um castelo, brinquedo na mão
a mente humana liberta
desperta o grande inventor
que move o tempo e faz
da vida um motor a girar
Brasil e Alemanha “unidos”
bandeiras, culturas, saber
vai trovejar, um ano para não esquecer

Deus Thor me chamou, que felicidade
um brinde a cidade, é festa meu bem
metade do meu coração é Tijuca
a outra metade Tijuca também

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.