Atriz marcou presença no lançamento do camarote do seu marido, Bruno Gagliasso, na Sapucaí, no Rio de Janeiro, na noite deste domingo (10)

Giovanna Ewbank acompanhou a inauguração do camarote de Bruno Gagliasso , na Sapucaí, na noite deste domingo (10). A atriz, que em 2013 vai participar do quadro “Cachorrada Vip”, do “Domingão do Faustão”, falou com exclusividade ao iG sobre a folia e também sobre projetos profissionais.

Siga o iG Gente no Twitter e receba as últimas notícias dos famosos

“Quando criança, adorava carnaval e queria levar todas as serpentinas e confetes para casa”, comentou”, comentou ela, que gostava da fantasia de cigana “adorava por causa das medalhas na cabeça. E também gostava da fantasia de dançarina de lambada, mas isso virou um problema, porque eu queria ir de dançarina de lambada para todos os lugares depois do carnaval e meus pais não deixavam. Ia às pizzarias e aos lugares com aquela coisa bem cafona, de barriga de fora e saia rodada”, lembrou a atriz.

A atriz revelou ainda se prefere passar os dias de folia sozinha ou acompanhada. “Sempre aproveitei o carnaval das duas formas, porque adoro mesmo é carnaval”, explicou. Já o marido falou ao iG que “prefere carnaval casado quando está com a pessoa que ama”.

O filme “Jogos Clandestinos” vai ser o primeiro trabalho que Giovanna vai atuar com Bruno. “Indiretamente a gente trabalha bastante, porque passamos textos em casa, damos dicas, criticamos o trabalho um do outro. Vai ser legal. Mas infelizmente o filme vai ficar pro ano que vem, porque o Bruno vai estar em ‘O Pequeno Buda’”, contou .

Giovanna vai ser uma stripper no filme e o personagem mudou algumas características físicas no corpo da atriz. “Estou superempolgada e fazendo aula de pole dance. Estou com o braço tão forte, como nunca tive. Estou com o corpo todo forte, meu corpo está mudando muito”.

Antes de aproveitar o camarote do marido, a atriz ainda comentou sobre o ano de 2012, quando o casal passou uma crise no casamento e chegou a ficar separado. Apesar dos imprevistos, Giovanna encarou a época como um aprendizado. “Foi um ano de aprendizado. Parece que vivi dez anos em um. Passei por coisas muito difíceis, mas apesar desses momentos difíceis e ruins, foi um aprendizado enorme. Mas agora é 2013. Bola pra frente, foi um ano muito legal e especial”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.