Veja na galeria algumas das gatas que, além de mostrarem samba no pé nos desfiles, arrancaram suspiros dos marmanjos no Anhembi

A expressão bumbum na nuca tem tudo a ver com carnaval. Antes da folia, musas, rainhas e madrinhas de bateria se jogam na malhação, fazem dieta e sacrifícios para exibir a melhor forma na avenida. 

Leia também: saiba tudo o que os famosos andam fazendo no carnaval 2017

Nos desfiles do grupo especial de São Paulo, nas madrugadas de sábado (25) e domingo (26), o tal  bumbum na nuca esteve presente! Veja fotos na galeria: 


Famosas na avenida

Entre as madrinhas ou rainhas de bateria mais conhecidas, a que acabou exibindo mais o corpo foi Sabrina Sato . A apresentadora desfilou pela Gaviões da Fiel no primeiro dia na avenida, mas, como chegou atrasada ao Anhembi, não teve tempo de arrumar toda a fantasia. Ela entrou quando a escola já estava desfilando e conseguiu chegar ao posto à frente da bateria, mas não usou o costeiro que fazia parte da vestimenta. 

Sabrina representava a mulher nordestina e, depois do incidente, escreveu um textão em suas redes sociais e mencionou o problema de forma sutil, dizendo que nem a falta de asas (no caso o costeiro) poderia tirar o brilho ou parar a mulher do Nordeste

Outra famosa esperada no carnaval de São Paulo era a atriz Viviane Araújo , rainha de bateria da Mancha Verde . Com direito a coroa - sua fantasia era uma representação de um relicário - a global foi comparada em memes nas redes sociais com Beyoncé. Usando um body, ela arrasou no samba no pé e no corpão. Após o desfile, em entrevista a GloboNews, a atriz brincou e disse que marido achava que ela estava bem pedala na avenida. Ela é casada com Radamés Martins, que é jogador de futebol. 

Viviane Araújo é comparada a Beyoncé nas redes sociais
Reprodução/Twitter
Viviane Araújo é comparada a Beyoncé nas redes sociais


Mais fantasias

Outras escolas também conquistaram o público com muitos bumbuns na avenida em São Paulo. Na Unidos do Tucuruvi, além das passistas, mulheres nos carros alegóricos exibiram os corpos em forma durante as perfomances. 

Leia também: Musas abrilhantaram os desfiles de São Paulo; confira os principais destaques

E quem usa e abusa do costeiro também deixa o bumbum à mostra, como a rainha de bateria da escola Águia de Ouro, Cinthia Santos. Aos 35 anos, ela já desfila há 10 na agremiação da Pompeia e levantou a galera no Anhembi na segunda noite de carnaval em São Paulo. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.