Gaviões da Fiel

Gaviões da Fiel
  • Nome
    G.R.E.S. Gaviões Da Fiel Torcida
  • Fundação
    01/06/1969
  • Posição em 2015
    7ª Colocada
  • Enredo
    “Com as mãos e a guerra de um povo sonhador, surge o contraste de uma nova metrópole – Sampa, lugar de sonhos, oportunidade e esperança”
  • Carnavalesco
    Zilkson Reis
  • Intéprete
    Ernesto Teixeira
  • Cores Oficiais
    Preto e branco
  • Mestre de Bateria
    Mestre Pantchinho
  • Ordem do desfile
    Quinta escola a desfilar na sexta-feira, 24

Sobre a escola

História
O carnaval entrou a história da Gaviões da Fiel como uma forma de reunir os associados da torcida organizada entre um campeonato e outro. Em 1975, nascia o bloco carnavalesco, que estreou na cidade ainda na Av. São João. No ano seguinte, veio a primeira de uma série de vitórias. Em treze anos desfilando como bloco especial, foram 12 campeonatos. A trajetória vitoriosa fez a agremiação ser convidada a ingressar no Grupo de Acesso. Na estréia como escola de samba, em 1989, os corintianos ficaram com o vice-campeonato e chegaram ao Especial. Desde então, foram quatro campeonatos. Em 2011, a escola ficou com a quinta colocação, somando 268,50 pontos. De 2015 para 2016, a escola subiu duas colocações, saindo do 9º lugar e indo para o 7º, com 268,3 pontos.

Eu vim de longe pra mostrar o meu valor

Trago esperança e amor dentro do peito

Acreditei, venci nesse chão

E tenho orgulho de ser gavião

No afã de mudar meu destino

Feito menino viajei

Com a alma repleta de saudade

A dura realidade enfrentei

Pai..O filho fiel nunca teme a queda

A fé foi acalanto nessa terra

Não sucumbi às adversidades

Sangue, suor, mãos calejadas

Com meus irmãos em tantas jornadas

Guerreiros de muitas batalhas sofridas

Nos trilhos, a luz de uma nova vida

Plantei os meus sonhos nesse lugar

Pra garoa abençoar

Na humildade lutei com braço forte

Ouvindo meu coração, me lancei à sorte

Tenho a garra de um gavião

Sou o retrato da nação

Ajudei erguer arranha-céus

Dei asas pra novos sonhos, cumpri meu papel

Hoje sou o espelho que reflete em cada ser

A chama que clareia um novo amanhecer

Nesta saudosa maloca criei raiz

Vejo a mistura perfeita desse país

Sou brasileiro vem provar do meu tempero

Meu swing é verdadeiro faz a festa Ritimão

Em preto e branco escrevi a minha história

De campeão!

Tatiane Minerato

Últimas Notícias