Com traços indígenas, atriz do “Zorra Total” foi convidada para incorporar personagem em desfile da Imperatriz Leopoldinense

Em 2012, a “Mulata Difícil do Metrô”, do programa “Zorra Total”, Desirée Oliveira, desfilou pela Imperatriz Leopoldinense representando a lendária cena em que Gabriela, personagem do romance "Gabriela, cravo e canela", de Jorge Amado, sobe no telhado e deixa a sociedade de Ilhéus de boca aberta. A encenação fazia parte do enredo da escola na época, que homenageava o escritor baiano.

O resultado deu tão certo que a morena não só irá repetir a participação no desfile da verde e branca, desta vez usando seus traços indígenas para abrilhantar o enredo da escola sobre o Pará, como se tornou a rainha da bateria da Alegria da Zona Sul. Além do papel de destaque no grupo de acesso, Desirée continua o reinado a frente do tradicional bloco Cordão da Bola Preta.

E para a atriz a folia é coisa séria.“Gosto da festa em si, estar na Avenida já é muito bom”, diz. Foliona assumida, aprecia cada etapa do desfile. Gosta de acompanhar os ensaios, de ver o nascimento do desfile. “Desfilo desde os 13 anos. No primeiro ano saí na Unidos da Ponte, uma escola do Rio que está no grupo de acesso. Desde o começo senti uma emoção especial, sei lá, só posso dizer que é muito bom estar na Avenida”, afirma.

O enredo da Imperatriz, "Pará - O Muiraquitã do Brasil" está sendo desenvolvido pelo trio de carnavalescos Cahê Rodrigues, Mário e Kaká Monteiro.

33 anos
Altura: 1,63 m
Peso: 58 kg
Busto: 94 cm
Cintura: 64 cm
Quadril: 100 cm

Produção (Rosane Amora): 1º look: Corselete azul Acervo, Biquíni preto Banco de Areia, Bota preta Acervo, Pulseira de cristal Metally, Brinco Acervo, Arranjo e Plumas Denis Linhares / 2º look: Vestido de renda Acervo, Máscara Denis Linhares, Sapato preto Acervo, Brinco e pulseiras Acervo, Confetes / Maquiagem : Maurício Nazário

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.