Beija-Flor de Nilópolis

Beija-Flor de Nilópolis
  • Nome
    GRES Beija-Flor de Nilópolis
  • Fundação
    25/12/1948
  • Posição em 2015
    5ª Colocada
  • Enredo
    “A Virgem dos Lábios de Mel – Iracema“
  • Carnavalesco
    Comissão de Carnaval
  • Intéprete
    Neguinho da Beija-Flor
  • Cores Oficiais
    Azul e Branco
  • Mestre de Bateria
    Plínio e Rodney
  • Ordem do desfile
    Sexta escola a desfilar no domingo, 26

Sobre a escola

História
A Beija-Flor foi criada como um bloco carnavalesco, durante a celebração do Natal de 1948. Sete sambistas se reuniram para organizar a agremiação, que ganhou esse nome em homenagem ao Rancho Beija-Flor, agremiação que existia em Valença, outro município do Rio. Em 1953 o bloco virou escola de samba e disputou o atual Grupo de Acesso, sagrando-se campeão. Ficou no Especial de 1954 a 1963 e voltou a ele em 1974. Sob a direção da família Abraão David e com o carnavalesco Joãosinho Trinta, que estreou na escola em 1976, a escola se tornou uma das grandes forças do carnaval carioca. Em 2011, homenageando o cantor Roberto Carlos no enredo “A Simplicidade de um Rei”, foi a campeã do carnaval, somando 299,8 pontos.

Ara quem bateu no chão

A aldeia toda estremeceu

O ódio de Irapuã

Quando a virgem de Tupã se encantou com o europeu

Nessa casa de caboclo hoje é dia de Ajucá

Duas tribos em conflito

De um romance tão bonito começou meu Ceará

Pega no Amerê, Areté, Anama

Pega no Amerê, Areté, Anama



Bem no coração dessa nossa terra

A menina moça e o homem de guerra

Ele sente a flecha, ela acerta o alvo

Índia na floresta, branco apaixonado

Tabajara, Pitiguara bate forte o tambor

Um chamado de guerra, minha tribo chegou

Reclamando a pureza da pele vermelha

No ventre bate o coração de Moacir

O milagre da vida, me faz um mameluco na Sapucaí

Oh linda Iracema morreu de saudade

Mulher brasileira de tanta coragem

Um raio de sol a luz do meu dia

Iluminada nessa minha fantasia

A jandaia cantou no alto da palmeira

No nome de Iracema

Lábio de mel, riso mais doce que o Jati

Linda demais Cunhã-Porã Iterei

Vou cantar Jureme, Jureme, Jureme

Vou cantar Jurema, Jurema

Uma história de amor, meu amor

É o carnaval da Beija-Flor

Raíssa Oliveira

Últimas Notícias