Carnavalesco é da Mocidade em 2015, após deixar a Tijuca, e desabafou contra o presidente de sua ex-escola

Carnavalesco da Mocidade Independente de Padre Miguel este ano, Paulo Barros usou seu perfil no Facebook para desabafar contra declarações do presidente da Unidos da Tijuca, sua ex-escola.  Fernando Horta afirmou em entrevista ao jornal "O Dia": "Quem fez o Paulo Barros fui eu".

Barros rebateu a afirmação de Horta dizendo já ter nascido artista. "Sinto muito, eu me fiz", escreveu ele. O carnavalesco faz questão de elogiar o trabalho de Horta como administrador e diz admirar o presidente da Tijuca, mas também faz um pedido.

"Pare de me tratar como se eu fosse um inimigo de sua escola. Eu amo a Unidos da Tijuca! É a minha casa e sempre será! Não dispute colocação comigo, dispute o campeonato! A Unidos da Tijuca pode!!!"

No texto, Barros também expõe os motivos que o fizeram deixar a Tijuca após o carnaval de 2014. Segundo ele, a falta de liberdade para trabalhar foi o que o tirou da escola.

Este ano, Paulo Barros levou para a avenida o enredo "Fim do Mundo" com a Mocidade. Entre os destaques do desfile estão a comissão de frente com o casal de mestre e sala e porta-bandeira, que literalmente pegou fogo na avenida, e os carros da orgia e do sanatório. Horta, aliás, teria criticado o que, em sua opinião, seriam alegorias apelativas, como justamente o carro da orgia. Barros rebateu essas críticas também.

Leia o desabafo de Paulo Barros na íntegra:

" Caro Presidente Fernando Horta. Primeiramente gostaria de deixar bem claro o seguinte.Vou relembrar a sua fala no dia da apuração de 2014. " A TIJUCA NÃO É SÓ O PAULO BARROS!"...... Alguma vez me coloquei nessa posição? Sempre respeitei a todos na escola e sempre reconheci a Unidos da tijuca como uma grande equipe..... Se há incômodo ...... Esse incômodo é seu! Com relação a não ter gostado do meu trabalho e que foi apelativo.... O DIREITO É TODO SEU DE NÃO TER GOSTADO. O senhor "aceita" as cenas de casais, e não gosta de ver? Era só dar as costas,comer algo ou ir ao banheiro. Não deixaria eu fazer essas cenas na sua escola?Por que acha que deixei a Unidos da Tijuca?.....Quando os coreógrafos Priscilla e Rodrigo, nas minhas costas, decidiram usar aquele fórmula 1 ( made in Paraguay) lhe avisei que o carro não iria funcionar, que teria que ser empurrado caso ele parasse.... O senhor passou por cima de mim e deu ouvidos ao casal que ,na minha volta em 2010 estava pra ser demitido pelo senhor pela cagada que tinham feito em 2009( e agora vendem no currículo deles tudo aquilo que é MEU!)De graças à Deus eu não ter colocado no book dos jurados que o carro era motorizado. Enfim.....NAO TRABALHO ONDE NÃO CONSIGO TRABALHAR! Desde a minha saída da Unidos da Tijuca o senhor só sabe minimizar o meu valor e em nenhum momento quis deixar claro a minha participação nas conquistas da escola nos últimos 10 anos. Mesmo que o senhor negue ......... Meu nome vai estar cravado nas paredes dessa escola maravilhosa pelo resto da vida.Quando o senhor afirma que foi o senhor que me fez.......Sinto muito! EU ME FIZ!..... Minha história começou no grupo de acesso, onde exercitei meu caminho artístico. Lhe agradeço profundamente por ter me dado a chance de ter sido carnavalesco da Tijuca em 2004. Esse mérito é seu!..... E nunca vou esquecer de ter acreditado em mim. Agora...afirmar que o senhor me fez?....... Já nasci artista! Sempre lhe respeitei e continuo respeitando, é o maior administrador que já conheci! PARE DE ME TRATAR COMO SE EU FOSSE UM INIMIGO DE SUA ESCOLA.... EU AMO A UNIDOS DA TIJUCA!.... É A MINHA CASA E SEMPRE SERÁ!....... NÃO DISPUTE COLOCAÇÃO COMIGO, DISPUTE O CAMPEONATO! A UNIDOS DA TIJUCA PODE!!!! Um forte abraço de quem lhe admira. Paulo Barros"

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.