Rainha de bateria chega atrasada e leva bronca mas sai sambando sem dar satisfação; idosa perde dente, destaque quase despenca de carro; sem opção, famosa se troca na avenida. Isso e mais detalhes que a Globo não mostrou

Quedas, choros, conversas sobre temas alheios ao carnaval... fatos que as câmeras não mostram e que ninguém vê na Sapucaí após os desfiles. Depois que acaba a transmissão ao vivo da Globo, por exemplo, logo após a última escola desfilar e o dia começar a clarear, a passarela do samba vira passarela de anônimos. O mesmo lugar que foi palco de desfile de corpos esculturais, celebridades, sambas enredos premiados e sambistas renomados, nessa hora, vira uma rua como qualquer outra da cidade (veja vídeo).

As pessoas que desfilaram voltam a assumir suas identidades comuns, deixando para trás o personagem de musa, destaque, músicos e passista e voltam a ser recepcionistas, costureiras, administradores e porteiros.

Viviane Araújo faz os últimos preparativos para entrar na avenida pelo Salgueiro
William Oda/AgNews
Viviane Araújo faz os últimos preparativos para entrar na avenida pelo Salgueiro

Mas esses detalhes que ninguém vê acontecem muito antes do início dos desfiles, como, por exemplo, a bronca que levou a rainha de bateria da Alegria da Zona Sul,  Veronice Abreu , ainda no dia de desfile das escolas do Grupo de Acesso do Rio de Janeiro. Veronice chegou ao sambódromo faltando apenas três minutos para a escola entrar na avenida.

Sob os berros dos membros da diretoria da agremiação, ela assumiu a dianteira dos ritmistas e saiu sambando sem dar satisfações sobre o motivo da falha imperdoável.

A rainha estava tão azarada que, no final do desfile, seu salto quebrou antes mesmo de chegar à dispersão.

Curta a fanpage do iG Gente no Facebook e receba as últimas notícias nos famosos

Desequilíbrio e choro

Gritos e brigas são tão comuns quanto os choros nesse ambiente de tanta tensão. O destaque do primeiro carro da Ilha do Governador passou por todas essas emoções em apenas uma noite. Em cima do carro, o homem, que carregava um costeiro pesado, antes mesmo de chegar à concentração, ficou preso e quase despencou de mais de três metros de altura. Ele se desequilibrou ao ver o acessório tocar a parte mais baixa do viaduto Santa Bárbara, chegou a tombar para trás, e a cena preocupou a todos em volta. Gritos de “vai cair”, “meu Deus”, “que tragédia” podiam ser ouvidos. E o resultado não podia ser diferente: decepcionado, ele entrou na avenida com lágrimas no rosto e sem o costeiro, o que rendeu uma bronca de membros da diretoria da escola. 

A jornalista Gloria Maria desfilou pela Imperatriz Leopoldinense
Fotos Públicas
A jornalista Gloria Maria desfilou pela Imperatriz Leopoldinense

Dente quebrado

Acidentes assim são corriqueiros. O que dizer de uma idosa de uma das alas da Beija Flor que, antes do cronometro começar a marcar o tempo da escola, caiu de cara no chão e perdeu um dente?

Nervosismo de veteranos famosos

Nesse contexto de carnaval, é fácil também ver as celebridades se tornarem anônimos. Misturadas à comunidade, trabalhadores e funcionários das escolas de samba, eles também têm seus momentos de insegurança. Veterana da TV Globo há mais de 40 anos ininterruptos no ar, Glória Maria  tinha semblante de novata na Sapucaí. Aos 65 aos de idade – não declarados, já que ela sempre fez questão de manter a informação em segredo -, a jornalista mostrou que não conseguia segurar a onda prestes a entrar na avenida. “Hoje o dia foi tenso. Por que está demorando tanto? Nada acontece?”, bradava ela sem esconder a ansiedade. O sentimento da apresentadora era tão transparente quanto sua roupa de cristais Swarovski.

Assim como acontece com muitas passistas que não encontram um camarim, Carol Nakamura  se viu sem opção e não pensou duas vezes na hora de colocar sua fantasia. Com pressa, a apresentadora tirou a roupa e botou a fantasia no meio da rua sob uma fina garoa. “Estragou meu cabelo”, reclamava.

Susana Vieira curte o segundo dia de carnaval na Sapucaí com o noivo Sandro Pedroso
Anderson Borde/AgNews
Susana Vieira curte o segundo dia de carnaval na Sapucaí com o noivo Sandro Pedroso

Dos dois lados

Se na primeira noite de desfiles do Grupo Especial  Susana Vieira  estava completamente concentrada em seu papel na Grande Rio, escola pela qual foi rainha de bateria, o mesmo não aconteceu quando ela era apenas uma espectadora.

No domingo (16), a atriz não escondia a preocupação com sua fantasia. Usandoum enorme costeiro de penas, a atriz mal podia se virar sem atingir alguém com a estrutura. "Desculpa", "Ai, gente", dizia a cada movimento.

Já, na noite seguinte, quando anunciou seu noivado com Sandro Pedroso , a atriz mal tinha olhos para os desfiles. Enquanto a Imperatriz Leopoldinense se apresentava e os integrantes da escola passavam animados pela avenida, Susana engatava um papo com uma amiga debruçada na grade que separa os comarotes da avenida. O tema: Sandro Pedroso (veja vídeo).

Leandra Leal voltou à Sapucaí pela Portela
Anderson Borde/AgNews
Leandra Leal voltou à Sapucaí pela Portela

Estrago e oração

Se as escolas sofreram com lama e inundações, a ausência de chuva agradou na segunda noite do carnaval carioca. O bom tempo arrancou elogios até de Leandra Leal, que ficou com cara de poucos amigos no camarote Devassa e mal abria a boca. Assim como muitos integrantes de escola, a atriz comemorou. “Tenho que agradecer que a noite está linda”, afirmou a econômica Leandra. A atriz engrossava o coro de foliões que oravam e agradeciam ter consgeuido escapar da bagunça após a chuva forte.

Elas têm celulite, e daí?

De perto, na avenida, muita coisa não é o que parece. Os corpos esculturais, aqueles tão aclamados nas redes sociais e capas de revistas, mostram-se imperfeitos a olho nu. Sim, eu garanto, Rayanne Morais , ex-miss e mulher de Latino , Viviane Araújo e tantas outras têm celulite. E qual o problema? Como cantou o samba-enredo da União da Ilha do Governador deste ano, "abaixo à ditadura da beleza.": "Ela pode estar no interior, mas é no exterior que a repararão, nos corpos perfeitos tonificados e malhados a ferro e proteína, nos templos da obsessão ou no olimpo da perfeição."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.