O baiano Neto LX, 26, está na corrida para emplacar a grande trilha sonora da folia e apostou no arrocha ostentação

Todo ano, a folia tem uma trilha sonora marcante: em 2013, a música “Amor de Chocolate”, do Naldo, animou a festa, enquanto, em 2014, foi a vez de “Lepo Lepo”, do “Psirico”. Neste ano, a disputa entre as canções mais tocadas está acirrada. O hit “Gordinho Gostoso”, do baiano de Ilhéus Neto LX, 26, é um dos candidatos mais fortes. “Espero ser o hit do Carnaval”, diz o músico, que se inspira no hip hop americano e no funk de São Paulo para criar o arrocha ostentação. “Quis fazer uma adaptação alto astral”, disse o cantor em entrevista ao iG.

LEIA MAIS:  Spa para os pés investe R$ 350 mil em camarote na Sapucaí
Maquiadoras sugerem looks inspirados em cidades com tradição carnavalesca

Neto LX criou o arrocha ostentação, mistura do ritmo nordestino com o funk de SP
Divulgação
Neto LX criou o arrocha ostentação, mistura do ritmo nordestino com o funk de SP

Ex-integrante da banda Luxúria, Neto está há apenas seis meses em carreira solo. O sucesso lhe apareceu meio por acaso. “Um amigo ouviu a música e disse que era a minha cara, então decidi gravá-la”, contou.

Mas o fato de estar bombando não é, segundo músico, a única parte boa do hit “Gordinho Gostoso”, mas fazer as pessoas felizes. “Isso de ser gordinho está em alta. Tem muito gordinho que vem falar comigo dizendo que está com a auto estima lá em cima.”

Quando questionado se curtia uma magrinha ou uma menina mais rechonchuda, ele preferiu pregar a auto-aceitação: “Gosto de ser feliz, de aceitar as pessoas das formas que elas são. não importa se é gordinha ou magrinha, importante é se gostar do jeito que é.”

Sempre de boné John John e roupas da Lacoste, o músico decidiu embarcar na onda da ostentação por se inspirar muito nos funkeiros MC Guimê e Nego do Borel, além de também ter influências do rapper Chris Brown. “Via que estava fazendo sucesso no Rio e em São Paulo”, disse. “Falo de carrões, de marcas e grifes nas minhas músicas. Quem não gosta das coisas boas da vida? A felicidade não está nisso, mas isto complementa.”

Para os críticos de plantão, ele só tem uma coisa a dizer: “não posso agradar a todos.” Porém, mesmo com “haters”, um show fora de temporada do Neto sai por R$ 50 mil, segundo o próprio artista. Uma apresentação durante o Carnaval ou “em datas nobres” pode chegar a custar R$ 120 mil a R$ 150 mil. “Hoje eu não só ostento nas músicas, mas prego o que eu vivo. Eu vivo o que canto. Tenho casa, carro…”, falou com orgulho.

Siga as redes sociais do ON :

Curta a página do ON no Facebook

Acompanhe o ON no Google+

Siga o ON no Twitter

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.