Clima da Fórmula 1 da agremiação invadiu a apoteose na busca da pole position e venceu a corrida pelo título de 2014

A Unidos da Tijuca, que entrou acelerando no sambódromo do Rio de Janeiro na madrugada de terça-feira (4), às 4h20, com o enrendo em homenagem ao piloto Ayrton Senna, venceu a corrida. Numa disputa acirrada pela pole position com a Acadêmicos do Salgueiro, que ficou em segundo lugar, a agremiação da zona Norte do Rio ganhou com o enredo sobre o universo da Fórmula 1, mostrado em 33 alas e seis alegorias na Sapucaí. Vencedora do carnaval de 2012, a Unidos da Tijuca perdeu a mão no ano passado e ficou em terceiro lugar. Com o título atual, a escola é tetracampeã do carnaval carioca. 

Se a Unidos da Tijuca festeja, outra agremiação do mesmo bairro lamenta. A Império da Tijuca foi rebaixada ao grupo de acesso em 2014, assim como a São Clemente. 

Salgueiro e Portela ficaram em segundo e terceiro lugar, respectivamente. 



Veja como foi o desfile da campeã do carnaval 2014: 

A Unidos da Tijuca levou mais um vez a atriz Juliana Alves  como rainha de bateria  e todos os ritmistas desfilaram pela avenida do samba vestidos de mecânicos, em referência ao Senna. A fantasia dela se chamava "Ignição Automática", mas Juliana preferiu apelidá-la de "Vitória". 

ACOMPANHE A COBERTURA ESPECIAL DO CARNAVAL 2014

Sem ser especialmente fã de Fórmula 1, ela se lembra de assistir às corridas de Senna. "Só assistia quando ele corria. O Ayrton fazia orgulho ao brasileiro e aumentava a auto-estima do povo. Se tudo der certo, voltaremos no sábado como campeões, como tantas vezes o Ayrton nos deu esse gostinho", defendeu a rainha ao iG . Viviane Senna , irmã do piloto, disse que estava com o coração na boca antes do início do desfile. "Como nas largadas das corridas", comparou. 

A atriz Juliana Alves desfilou novamente como rainha de bateria da Unidos da Tijuca
AgNews
A atriz Juliana Alves desfilou novamente como rainha de bateria da Unidos da Tijuca

Ana Paula Evangelista , que chegou a desfilar no ensaio técnico da Mocidade e "caiu" com a saída do ex-presidente , veio como musa da Unidos Tijuca e diz não guardar mágoas. Ana Paula foi substituida pela atriz Mariana Rios .

Como sempre criativa, a comissão de frente do carnavalesco Paulo Barros fez uma brincadeira com desenhos animados concorrentes em velocidade. Integrante vestido como o piloto compete e disputa amigavelmente troféus com personagens como Sonic, Ligeirinho, Flash e a turma da Corrida Maluca, famoso desenho dos anos 1970. A surpresa veio com o surgimento de um carro réplica da McLaren, caracterizando a conquista do 1º lugar.

O imponente carro abre-alas tinha componentes vestidos de piloto. Eles simularam estar pilotando um carro. Na lateral da alegoria, "personagens Senna" durante Grandes Prêmios e alegorias vivas entram e saem dos boxes do carro.

Em diversos carros, a Tijuca investiu na coreografia de seus componentes que interagiram com a estrutura dos carros alegóricos. O quinto carro alegórico apresentou diversas fotos de Senna e, com um kart em movimento e bandeiradas, marcou a chegada dele como campeão. A última alegoria representou a sala dos troféus e o pódio da vitória. O desfile foi encerrado com um foto do piloto e sua célebre frase: "O fato de ser brasileiro só me enche de orgulho".  

Veja o samba-enredo da Unidos da Tijuca: "Acelera, Tijuca!"

Vai começar
Libere a pista para a emoção
Foi dada a partida, prepare o seu coração
Tijuca, a hora chegou
Quem será o vencedor?
Dos animais, agilidade
A inspirar velocidade
Impressionante a ousadia
A internet ultrapassou a energia
A equipe anunciou, no pit stop o piloto parou

E lá vão eles na pura cadência do samba
Numa corrida maluca repleta de bambas
Tentando trapacear, deu mole, rodou na pista
Ficou pra trás o vigarista

Rompendo barreiras, superam limites
Atletas buscando o primeiro lugar
Quando de repente pisando no breque
Vi no calhambeque alguém acenar
Na última volta do meu carnaval
Desponta um gênio talento imortal
Trazendo nas mãos a bandeira do nosso país
Na reta, a consagração
O tema a emocionar
Lá vem o campeão
Voando baixo pra vitória alcançar

Acelera Tijuca, eu vou com você
Nosso lema é vencer
Guiando o futuro que um sonho construiu
Ayrton Senna do Brasil

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.