Seis escolas passaram pela Sapucaí entre a noite de domingo (2) e madrugada desta segunda-feira (3)


A primeira noite de desfiles das escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro foi marcada por homenagens e um time inesquecível de famosos na avenida. Seis escolas passaram pela Sapucaí entre a noite de domingo (2) e madrugada desta segunda-feira (3).

Adotado espontaneamente pelos blocos de rua cariocas, o refrão “Vai tremer, o chão vai tremer” embalou o desfile da Império da Tijuca , que abriu a festa nesse domingo (2). O samba, que caiu na boca do povo, marca a volta da escola ao grupo especial depois de 16 anos. Com autoria de Júnior Pernambucano , “Batuk” voltou a falar sobre os ritmos africanos, assunto que já havia rendido à Império a vitória no grupo de acesso. Com poucos recursos, a Império da Tijuca trouxe apenas representantes da comunidade de Morro da Formiga, onde fica a agremiação, entre seus componentes.

Christiane Torloni: rainha de bateria da Grande Rio, escola do Grupo Especial
AgNews
Christiane Torloni: rainha de bateria da Grande Rio, escola do Grupo Especial

A Grande Rio foi a segunda escola a entrar na apoteose e fez uma homenagem à dona dos olhos verdes mais marcantes da música brasileira, a cantora Maysa . Com o enredo "Verdes olhos sobre o mar, no caminho: Maricá", a agremiação exaltou a cidade fluminense na qual a cantora passou os últimos anos de vida. A cantora Tânia Mara , casada com o diretor Jayme Monjardim , filho de Maysa, representou a sogra no desfile.  Christane Torloni saiu como rainha de bateria da escola e Susana Vieira , Paloma Bernardi , Daniela Albuquerque , Roberta Rodrigues e Bárbara Evans foram outros destaques no desfile. "Tem que ter o coração do Brasil para aguentar ser rainha de bateria", disse Christiane.

A favela desceu para o asfalto da Sapucaí no início da madrugada desta segunda-feira (3). A São Clemente levou para a avenida a riqueza, malemolência e criatividade das comunidades carentes. Por volta da 0h, a escola foi a terceira a desfilar pelo Grupo Especial do Rio de Janeiro. A comissão de frente contou com grafiteiros, que realizaram pausas na avenida para fazer o grafite. A escola conseguiu terminar o desfile sem incidentes.

A Mangueira entrou na Sapucaí à 1h15 com muito samba no pé e vontade de ganhar. Com o tema “A festança brasileira cai no samba da Mangueira”, a escola homenageou o povo brasileiro, que segundo seu samba, “dá duro o ano inteiro pra poder comemorar”. A apresentação também marcou o retorno de Carlinhos de Jesus no comando da coreografia da comissão de frente da agremiação.

Na saída para a dispersão, o carro abre-alas empacou e precisou ser empurrado pelos integrantes da escola. O problema gerou um congestionamento por cinco minutos no local. O penúltimo carro também gerou momentos de tensão para a escola. Na passagem pela última torre, ele enroscou, foi danificado e alguns integrantes choraram por causa do imprevisto.

Acadêmicos do Salgueiro mostrou na avenida a relação do ser humano com Gaia, que significa Terra para os gregos. A agremiação foi a penúltima escola a desfilar na Sapucaí, a partir das 3h desta segunda-feira (3). Experiente no carnaval, Viviane Araújo saiu à frente da bateria como rainha usando um corpete dourado e vermelho e levantando o público por onde passava liderando a "Furiosa", como é chamada a bateria da escola.

Uma das alegorias foi atingida por uma pane elétrica no meio do percurso e as luzes do carro foram apagadas. Após 1h20, a agremiação deixou a Sapucaí sem graves incidentes com o grito de "é campeã".

Desfile da Beija-Flor reuniu um time de famosos, como Huck e Angélica, para celebrar Boni
AgNews
Desfile da Beija-Flor reuniu um time de famosos, como Huck e Angélica, para celebrar Boni

A Beija-Flor de Nilópolis mostrou a história da comunicação brasileira através da trajetória de uma figura bastante presente na TV: o diretor Bonifácio de Oliveira Sobrinho , o Boni . O profissional foi o grande homenageado do desfile que fechou a primeira noite do Grupo Especial do Rio de Janeiro. A escola azul e branca começou o cortejo por volta das 4h25. O próprio Boni passou pela Sapucaí, acompanhado da rainha de bateria Raíssa Oliveira . Além do homenageado, Claudia Raia , integrante da Beija-Flor há 30 anos, desfilou com o posto de madrinha da escola, conquistado no ano passado, além de mais de 50 celebridades que fizeram parte da história do diretor de TV, como os apresentadores Faustão , Angélica , Luciano Huck e Serginho Groisman .

VEJA COMO FOI A SEGUNDA NOITE DE DESFILES NO RIO:

HOMENAGEM A BRASILEIROS VITORIOSOS MARCA A 2ª NOITE DO GRUPO ESPECIAL NA SAPUCAÍ 

LEIA TAMBÉM:

TUDO SOBRE OS DESFILES DO GRUPO ESPECIAL EM SÃO PAULO

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.