Daniel Manzione desfile à frente dos ritmistas da escola paulistana há oito anos

Daniel Manzione, rei de bateria da Acadêmicos do Tatuapé
AgNews
Daniel Manzione, rei de bateria da Acadêmicos do Tatuapé

"Eu sou para as mulheres." É assim que Daniel Manzione justifica sua posição como rei de bateria, da Acadêmicos do Tatuapé, última escola a passar pelo sambódromo do Anhembi, já na madrugada de domingo (2).

Manzione fica à frente dos ritmistas da agremiação há oito anos. E por que não virou moda nas outras escolas?

"Acho que existe algum preconceito em relação aos homens, mas outros fatores também, alguns passistas não seguem a regra da escola para ser um rei de bateria. "

Saiba tudo sobre o carnaval 2014

Sobre os requisitos para ser rei de bateria, Manzione ensina: "Tem de ter postura, samba no pé, carisma e humildade com a comunidade".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.