Desfile, que contou até com "Parabéns Pra Você", teve problema de som no início do cortejo, mas não comprometeu a alegria

Comemorando 30 anos de existência, o Simpatia É Quase Amor colocou seu samba na rua nesse domingo (2) com 150 mil pessoas como testemunhas. O bloco, que desfilou pela Avenida Vieira Souto, em Ipanema, na zona sul do Rio, fez um viagem ao passado e montou um desfile cheio de simbolismo. A começar pela kombi que vinha à frente do cortejo, que foi especialmente decorada com vários elementos que fazem parte da história do bloco, um dos mais tradicionais da Cidade Maravilhosa.

ACOMPANHE A COBERTURA ESPECIAL DO CARNAVAL 2014

Henrique Brandão, um dos fundadores, estava feito pipoca, de um lado para outro para checar os últimos detalhes e o progresso do bloco pela orla. "Isso aqui não é fórmula 1, não, minha gente", brincou com a produção. Apenas um probleminha de conexão quase comprometeu a festa. O carro de som se afastou muito do abre-alas, e a ligação entre eles é por wi-fi. Se ficam muito afastados, o abre-alas fica sem som.

Tirando o pequeno detalhe, quando todos já estavam posicionados e os carros alinhados, o público bradou o samba-enredo deste ano, "Me segue, vem comigo onde eu for!", composto por Aldir Blanc, Janjão, Maceu Vieira e Orlando Magrinho. "Quando montamos o bloco, a gente saia em uma kombi como essa. Por isso reproduzimos de novo esse ano, como homenagem. Você vai encontrar as caricaturas na frente da Dona Zica e Albino Pinheiro, madrinha e padrinho do bloco, Aldir Blanc, que dirigia, e Bussunda, que era nosso Rei Momo", explicou.

Por falar em Bussunda, um parceiro do casseta, morto em 2006, viu de pertinho o Simpatia passar. Foi Beto Silva, que posou para o iG cantarolando o samba do bloco. "O Simpatia vem em grande estilo para o carnaval deste ano", completou Henrique. Beto Jr, que também é da organização da festa, exibiu a camiseta especial do desfile, feita por Ziraldo. "Não é a primeira vez que ele colabora conosco, não", avisou.

Balões amarelos e lilás coloriram o céu de Ipanema, e os foliões entraram no clima da festa e cantaram "Parabéns para Você" desejando vida longa ao Simpatia. Outro que foi homenageado foi o cinegrafista Santiago Andrade, da TV Bandeirantes, que morreu após ser atingido por um rojão em um protesto no Rio, no último mês. "Oferecemos nosso samba em forma de oração", dizia uma faixa na ponta do primeiro trio.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.