Rainha viveu a boneca Barbie na avenida. "É lindo representar um brinquedo que marcou a infância de muita gente", disse

Vice-campeã do carnaval 2013, a escola Rosas de Ouro volta à avenida para conquistar o título com o enredo "Inesquecível", do carnavalesco Jorge Freitas. O desfile começou por volta das à 0h40 e foi a segunda a entrar no sambódromo do Anhembi, em São Paulo.

Um trunfo com que a Rosas pode contar todo ano é a atriz Ellen Rocche , a simpática, empolgada e linda rainha de bateria. Ellen veio à frente da bateria "Bicho Papão" como uma representação da boneca Barbie. "É lindo representar um brinquedo que marcou a infância de muita gente", disse momentos antes de pisar na avenida. Durante seu desfile, a escola explorou todas as fases da vida do homem, com os seus mais de 2 mil componentes. A chuva deu uma trégua e a escola desfilou sem problemas.

ACOMPANHE A COBERTURA ESPECIAL DE CARNAVAL

Com as cores rosa, azul e branco, Rosas de Ouro abriu o desfile com o milagre da vida, seguiu pela infância e o "tempo da inocência", juventude, maturidade e a melhor idade, com o "tempo das lembranças". Na comissão de frente, a escola relembrou grandes figuras como Hebe Camargo, Michael Jackson e Derci.

Chamou a atenção o casal de mestre sala e porta bandeira da escola, vestidos de Mulher Maravilha e Capitão América. Ainda no setor infância, integrantes da escola encarnaram personagens presentes na infância, como o boneco Chucky. No carro alegórico do horror e pesadelos, José Mojica Marins, o Zé do Caixão. Personagens de terror como Chuck e Freddy Krueger fecharam o desfile com um toque de terror.

Veja o samba-enredo da Rosas de Ouro:

Compositores: Dr. João, Daniel Osmal, Thiago, Luccas, Luisão e Gabriel Lima

" O criador abençoou
Me fez nascer, num gesto de amor
E sentir na forma de sorrir a proteção
De um anjo lindo a me guiar
Pelos caminhos dessa vida
Viajei no tempo, nas minhas lembranças
De quando era uma criança
Que tinha medo do bicho papão
Fazia arte por todas as partes
Eu li, brinquei no mundo da imaginação

Fui rebelde, "o terror" (buu)
No baile dancei com você
Primeiro beijo, me apaixonei pra valer
Oh! meu bem querer

Quando dei por mim já havia crescido
Um cidadão na "direção" de ser feliz
Ganhei a consciência de lutar
Para mudar a cara desse meu país
E conseguindo me formar
O futuro começar
E nessa hora disse "sim"
São tantas cenas e canções
Que embalaram gerações
Nostalgia que invade o meu peito
Saudade! olho pro céu pra nunca te esquecer
Meu carnaval "inesquecível"
Combina com você!

É tão bom recordar
Momentos marcantes da nossa história
Roseira impossível não lembrar
"roseira onde canta o sabiá""

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.