Quarta escola a entrar no Anhembi no primeiro dia de desfiles de São Paulo buscou inspiração em filmes como Blade Runner

A escola são-paulina Dragões da Real foi a quarta a entrar na passarela do samba, às 2h50 da madrugada deste sábado (1), pelo Grupo Especial do carnaval paulista. A agremiação chegou à avenida com o enredo "Um Museu das Grandes Novidades" , que fala sobre transformações tecnológicas através de filmes dos anos 1980.

Indiana Jones e Blade Runner serviram de inspiração para o grupo, bem como músicas do Kid Abelha e Cazuza . O título do samba, aliás, é um trecho de uma música "O Tempo não Para", em que ele diz que vê o "o futuro repetir o passado, um museu de grandes novidades."

ACOMPANHE A COBERTURA ESPECIAL DE CARNAVAL

A Dragões da Real tem a modelo e ex-BBB Cacau Colucci como musa representando a Mulher-Gato. "Todo ano é aquela emoção que da frio na barriga, aquela adrenalina, mas é uma coisa que não da para ficar sem!", disse Cacau ao iG na concentração. A ex-fazendeira Simone Sampaio  estava fantasiada de Penélope Charmosa a frente da bateria da escola. 

O cantor Michael Jackson ganhou vida duas vezes já na primeira noite do samba no Anhembi. Presente na comissão de frente da Rosas de Ouro , o personagem liderou o desfile da Dragões da Real no carro abre-alas, inspirado no sucesso de Thriller do músico americano. O carro atraiu olhares pela riqueza de detalhes e coreografia dos integrantes-zumbis.  

Símbolo dos anos 70, a escola trouxe integrantes da bateria vestidos como personagens do desenho infantil Corrida Maluca. E ainda prestou homenagens a grandes nomes da música internacional, além do Michael Jackson, como David Bowie, que ganhou uma ala própria, e banda Kiss, lembrada em um carro alegórico.

VEJA MAIS NOTÍCIAS SOBRE CARNAVAL NO ESPECIAL DO IG

A escola buscou ainda relembrar famosos personagens dos anos 80, como as bonecas Fofoletes, Chacrinha, Zebrinha da Lotérica, Paquitas da Xuxa e o Palhaço Bozo, que ganhou imenso destaque em um carro alegórico. No mundo do cinema, a Dragões deu espaço aos vilões Darth Varder, da série Guerra nas Estrelas, o Coringa do Batman, e ao simpático E.T. 

Veja abaixo o samba-enredo da Dragões da Real:

"Um museu de grandes novidades"
Autores: Armênio Poesia, Dico, Wagner Rodrigues, Derico, Maurinho da Mazzei e Xandinho Nocera
Intérprete: Daniel Collete

Vem conhecer o meu tempo
Rever os momentos de felicidade!
Saudade batendo no peito
Trazendo a recordação;
Marcas, lembranças, inventos,
Orgulho dessa geração!
Cantei, dancei,
A pista ganhou vida a noite inteira,
No velho som gravei nossa canção,
Do "astro", "um passo" pra consagração

Alô criançada, lá vem diversão!
Juntando alegria, se faz coleção!
Aplausos ao palhaço e à rainha,
"Eu também quero viajar nesse balão!"

Grandes filmes e novelas
Cheguei ao cinema, pipoca na mão.
Quem será aquela
Que roubou a cena e o meu coração?
A magia nas cores da tela, um sorriso revela
Personagens trapalhões!
E o samba a cada dia se estruturava
A evolução acompanhava
Mantendo suas tradiçoes!

Lá vem a dragões tão bela!
Na passarela hoje "vai passar"
Sacode, balança, levanta a galera!
É mais "um samba popular"!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.