O bloco arrastou uma multidão pela Rua Augusta, em São Paulo, nesse domingo (23)

Centenas de pessoas lotaram a Rua Augusta, na área central de São Paulo, para começar o esquenta de carnaval com o desfile do famoso bloco Acadêmicos do Baixa Augusta, na tarde desse domingo (23). Com o cantor Simoninha como puxador, Tulipa Ruiz como Madrinha de Bateria e a atriz Alessandra Negrini como a Rainha de Bateria, o trio atraiu veteranos, que fizeram parte das 25 mil pessoas que caíram na festa no ano passado, e novatos na folia. A jornalista Raphaela Cunha se inspirou na moda dos anos 70 e saiu pela primeira vez atrás de um trio carnavalesco.

ACOMPANHE A COBERTURA ESPECIAL DE CARNAVAL

“Nunca curti um carnaval, sou de Belo Horizonte, em Minas Gerais, lá tem bloco, mas nunca tive a oportunidade de ir”, contou ela, animada ao chegar à folia. “Já moro aqui há três anos, mas a oportunidade só apareceu agora, a galera me chamou e decidi me jogar”.

O dia também foi de estreia para a pequena Helena , de dois anos e nove meses. Fantasiada de fada, com direito a uma varinha de condão nas mãos, a menina curtiu a folia confortavelmente no pescoço de sua mãe, a Turismóloga Taís Silva .

“Ela está adorando, ela nunca tinha vindo”, contou Taís. “Acho que é primordial ela começar a ter cultura desde já”.

E cultura não faltou na hora da escolha das fantasias. Apesar das tradicionais flores nos cabelos das mulheres e homens vestidos com roupas femininas, a sommelier de cerveja, Beatriz Ruiz , e a namorada, Manuela Leite , decidiram homenagear fielmente o look dos pintores mexicanos Frida Kahlo e Diego Rivera .

“Gosto muito dessa artista, da história dela, então decidi homenagear. É uma escolha fácil de fazer o look completo dela também”, contou ela. Nascida em São Paulo, Beatriz disse que viaja atrás de festas de carnaval. “Sou diferente, adoro o carnaval, venho aqui, vou para o Rio, já passei em Olinda, em Recife. Gosto mesmo de carnaval”.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.